Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BatAnil

Livros, revistas, jornais, redes sociais, literatura, ciências e temas da atualidade são alguns dos assuntos que poderão encontrar no Blog BatAnil.

BatAnil

Livros, revistas, jornais, redes sociais, literatura, ciências e temas da atualidade são alguns dos assuntos que poderão encontrar no Blog BatAnil.

Desafio Liebster Award

liebster award img

Hoje trago-vos um desafio para o qual a Marta Marques me desafiou há algum tempo. Chama-se "Liebster Award - Conhecendo Novos Blogs". O objetivo é divulgar blogs que tenham menos de 200 subscritores.

 

Antes de mais nada, vou começar por agradecer à Marta Marques por me colocar este desafio e dizer que gosto do seu estilo de escrita.

 

As perguntas colocadas pela Marta foram:

  1. Porque decidiste criar um blogue?

 Decidi criar um blog por gostar muito de escrever e querer partilhar experiências e perspetivas de vida com outras pessoas. Acredito que sermos solidários, humildes e respeitadores nos traz mais valor e crescimento enquanto pessoas. Uma influência positiva da tua parte no dia de alguém pode ter mais importância e mudar mais do que imaginas. Porque não experimentar hoje sorrir a alguém na rua?

  1. Porque escolheste este nome para o teu blogue?

 Entre várias possibilidades para o nome do blog e ao fim de muito tempo com a intenção de criar um (muito tempo mesmo!) optei pelo nome com que mais me identificava, porque tem a sua origem em duas áreas das ciências de que gosto muito.

  1. Onde encontras inspiração para escrever posts?

 A inspiração às vezes parece ter vontade própria, mas encontro inspiração para escrever posts nas experiências de vida, temas que considero importantes para as pessoas e através da leitura e da música, por exemplo.

  1. Qual o post que te deu mais gosto escrever? 

 Começo por dizer que todos os posts me deram gosto escrever. Se tivesse de destacar um deles, seria o "Desidentidade e Isistência" pelo que está por trás deste.

  1. Que tipo de blogues gostas mais?

 Esta é uma questão um pouco difícil, pois gosto de temas muito variados e diferentes. Algumas características que os blogs que gosto mais têm em comum é o aspeto visual simples e apelativo, conteúdos interessantes e com que te podes identificar, autenticidade e originalidade desses mesmos conteúdos e um estilo de escrita compreensível e apelativo.

  1. Qual a tua viagem de sonho?

 Tal como a questão anterior esta também é um pouco complicada, porque gosto muito de viajar e conhecer novos lugares, pessoas e culturas. Apesar disso, alguns sítios onde gostava mesmo muito de ir são Itália, Estados Unidos, México, Nova Zelândia e Austrália, mas claro que há muitos mais que poderia incluir nesta lista.

  1. Qual o teu escritor preferido?

 Gosto de muitos escritores diferentes, e o mesmo ao nível de géneros literários. Um dos meus escritores favoritos é Mia Couto.

  1. Qual o teu hobby preferido?

 Aqui vou responder dizendo dois, porque estão empatados como hobby preferido e ambos são muito importantes para mim: a escrita e a leitura.

  1. O que é que te deixa com um sorriso nos lábios?

 Uma das coisas que mais me deixa com um sorriso nos lábios é poder passar tempo com as pessoas de quem gosto e que são importantes para mim.

  1. O que te põe mal disposta?

 Cheiro do gasóleo e gasolina, não gosto nada. Posso acrescentar a esta resposta o facto de nalguns sítios do mundo haver tanta falta de condições básicas necessárias para a qualidade de vida, como alimentação, água potável, educação, saúde e abrigo e noutros desperdiçar-se tanto essas condições, tomando-as como garantidas.

  1. [E agora, em jeito de Daniel Oliveira] O que dizem os teus olhos?

Achei engraçada a referência ao Daniel Oliveira. Os meus olhos dizem isto: "Define objetivos e sonhos para ti e acredita que com esforço e dedicação os vais atingir. Não desistas aconteça o que acontecer, vai valer a pena veres onde chegaste e os desafios que ultrapassaste para lá chegares."

 

Vou deixar livre para quem quiser responder ao desafio. Queria dizer que aquela iniciativa que indiquei no post anterior que vai aparecer por aqui vai demorar mais uns tempos a ser preparada, espero que continuem curiosos e que não se importem de esperar mais um bocadinho. A todos um bom dia e uma boa semana, espero que tenham gostado do post de hoje.

publicado às 19:31

Follow Friday

Olá, boa tarde a todos e espero que a vossa semana tenha sido boa até agora. Deparei-me hoje à tarde com uma iniciativa do Sapo Blogs, de seu nome Follow Friday, que achei bastante interessante. O objetivo é destacar um blog que recomendemos até ao final da tarde e, ao fazê-lo, o nosso post será destacado.

 

Apesar de gostar de vários blogs e ao contrário alguns poderiam pensar, a minha escolha para a Follow Friday é muito mais do que uma intenção de ganhar destaque e acima de tudo é um agradecimento ao referido blog pela qualidade dos seus temas, pela simplicidade que consegue manter, pelas horas bem passadas a lê-lo e a identificar-me com muito do que por lá surge e principalmente, pela simpatia da sua autora que o desenvolve com muito carinho não só pelo blog, mas também pelos seus leitores, e que de certa forma, foi uma das inspirações para a criação do meu próprio blog.

 

Falo do Vida na Universidade, da Ana e por todos os motivos que referi e muitos mais, agradeço a ela e a todos os demais que têm acompanhado o blog dela, e a todos os que têm acompanhado o meu também. E desejo a todos, quer o façam, quer não, incluindo à Ana, um excelente fim-de-semana e uma semana recheada de felicidade, alegria, sonhos e objetivos cumpridos ao longo dos dias!

publicado às 15:53

"Desidentidade" e "Isistência"

"Desidentidade" e "Isistência". Sim. Leram bem. Podem pensar que estou a delirar, mas refiro-me à nossa falta de autoconhecimento, a vários níveis. "Desidentidade" é o acumular de sensações, pensamentos e ações pelos quais nos apercebemos que nem sempre sabemos o nosso valor enquanto pessoas, a nossa verdadeira identidade humana.
            Através desta "desidentidade", descobrimos muito mais do que a nós próprios. Descobrimos que para viver e ter a completa noção do "Quem és tu?" escondido no âmago da nossa essência, precisamos primeiro de "isistir". Porque motivo digo "isistir" e não existir? Pelo facto de a nossa vida e a nossa existência estarem mal escritas. Como assim mal escritas?
            Todos nos levantamos de manhã com a esperança de algo mais do que estarmos e sermos, mesmo que finjamos que está tudo bem. Um ou mais objetivos, uma causa na qual acreditamos e pela qual lutamos, enquanto exploramos o que o mundo e nós como entes que dele fazem parte podemos mostrar, aspirar e atingir. Mas temos de ser nós a descodificar o sentido da vida, a encontrar um caminho que mostre quem somos, o que pretendemos a longo prazo e que nos auxilie a embater contra a cascata do desconhecido e cortar as silvas e os espinhos das rosas que tentem voltar-se contra nós.
            Sejamos mais fortes do que elas e libertemo-nos das dificuldades que se intrometam no nosso percurso! Reguemos as frondosas árvores que nos permitem identificá-lo e apreciemos a paisagem antes de perderem as folhas e se unirem à térrea e éterea luz do Universo!

publicado às 01:25

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D